Eterno

Djalma Santos. 1929 – 2013

Imagem

Nascido em Uberaba-MG, no dia 27 de fevereiro de 1929, Djalma Santos atuou por apenas três clubes: Portuguesa de Desportos, Palmeiras e Atlético-PR. Pela Seleção, disputou quatro Copas do Mundo (1954, na Suíça; 1958, na Suécia; 1962, no Chile; e 1966, na Inglaterra), tendo conquistado duas delas. Ao longo de sua carreira, jamais foi expulso de campo, fato que lhe rendeu uma das mais dignas condecorações: o troféu Belfort Duarte.

Faleceu nesta terça-feira (23)  um dos maiores ídolos da história do Palmeiras. O ex-lateral-direito Djalma Santos, bicampeão mundial pela Seleção Brasileira e um dos melhores jogadores de todos os tempos, não resistiu à longa batalha contra os problemas de saúde que o afligiram nas últimas semanas e morreu às 19h30 em decorrência de uma pneumonia grave e de instabilidade hemodinâmica culminando em parada cardiorrespiratória. Eternizado na história do Verdão pelos anos de glória em que defendeu a camisa alviverde (1959 a 1968), Djalma deixa um legado de vitórias e muita saudade nos corações palestrinos. (Com Agência Palmeiras, Departamento de História)

Números de Djalma Santos pelo Palmeiras:

Jogos: 501
Vitórias: 299
Empates: 105
Derrotas: 97
Gols: 12

Principais títulos pelo Verdão:

Campeonato Brasileiro: 1960, 1967 (Taça Brasil) e 1967 (Roberto Gomes Pedrosa)
Campeonato Paulista: 1959, 1963 e 1966
Torneio Rio-São Paulo: 1965

Com 21 dias de atraso 2013 começa finalmente no Palmeiras

Palmeiras_PauloNObre_FotoRicardoMatsukawa_Terra

Reprodução: Terra.com.br

Confesso que estava torcendo para o Paulo Nobres e fiquei satisfeito com sua eleição. Mas muita calma nessa hora. Há alguns anos vi essa mesma euforia que toma conta dos torcedores quando o senhor Luiz Gonzaga Belluzzo venceu a eleição. Belluzzo até teve boas idéias e boa vontade, mas sua promessa de inovar e mudar o palmeiras não deu certo.

Todos sabemos que há décadas o problema do Palmeiras (Com exceção dos anos 90),não é técnico e nem time, e sim o amadorismo, e o coronelismo das diretorias.

Se Paulo Nobre em seu mandato apenas conseguir profissionalizar o departamento de futebol, já será um dos melhores presidentes nesses quase 100 anos de Palmeiras. O primeiro passo, com a aprovação das eleições diretas já foi dado. Menos mal.

Entretanto, infelizmente Nobre foi apoiado por pessoas nefastas, e isso poderá ser o maior empecilho para ele, afinal, esse ser de outro mundo, que o apoiou, ira cobrar esse apoio com juros e correção. Esse não larga o osso nem a pau.

Vamos esperar, segurar o entusiasmo, deixar a poeira passar e torcer, mas torcer MUITO para que Nobre tenha sucesso e possa novamente colocar o Palmeiras em seu lugar.

Boa Sorte.

Por Fernando Paluello

Valeu Joelmir “Palestrino” Beting

Reprodução da Nota oficial divulgada pela Sociedade Esportiva Palmeiras:

Hoje, dia 29 de novembro, Joelmir Beting nos deixou. Nós o perdemos, mas os anjos vão recebê-lo como ele merece.

Um jornalista e palmeirense que ficou marcado na história do Verdão com apenas uma frase. A todos os familiares, muita força nesse momento tão difícil.

A Sociedade Esportiva Palmeiras lamenta o falecimento de Joelmir Beting e se sente honrada por ter um torcedor tão ilustre – o amor é eterno.

Mais que palmeirense ele ficará marcado para sempre como um Palestrino
#ValeuJoelmir

Aqui é Palestra “Capice”. É Campeão

Avanti Palestra! Scoppia che la vittoria è nostra!

Créditos: Portal Terra e Ari Ferreira

Bem Vindo

Bem Vindo, mas honre o manto Palestrino, ele está cansado de ser mal tratado.

Foto: Anderson Rodrigues/Globoesporte.com

Após blackout no clássico, Palmeiras inicia semana com boas noticias

Após o fracasso diante do arqui-rival no ultimo domingo (25), a Direção alvi – verde
Fim da novela! Diretoria anuncia contratação de Wesley após longa negociação, clube confirmou hoje em seu site oficial a chegada do meia, que assinou contrato de cinco anos.

Wesley já treina com o elenco há mais de um mês na Academia de Futebol. Ele pode ter condições de atuar na próxima quarta-feira, contra o Paulista, em Jundiaí.

Xerife Henrique será oficialmente do Verdão

O jogador, que estava emprestado pelo Barcelona (ESP) até 30 de junho, vai ter seus direitos adquiridos pelo Verdão, além de assinar um contrato de cinco anos.

O acordo ainda vai ser oficializado nos próximos dias, mas já foi anunciado pela diretoria palmeirense.

(Com Informações Lance.NET)

O melhor resumo dos últimos e tristes anos do Palmeiras

Segue o melhor texto feito a cerca dos últimos anos vividos pela Sociedade Esportiva Palmeiras, que nem de longe lembra o saudoso Palestra “Imortal” Itália.

o texto é de autoria do Palestrino e um dos melhores comediantes que temos no Brasil, isso desde o já mumificado Sobrinhos do Ataíde da extinta 89fm lá pelo inicio dos anos 90,  Marco Bianchi.

2011: UMA ODISSÉIA NO ESPASMO.

Surtei! Enquanto simpatizante vitalício e setorista* do Clube d Campo Palmeiras, ponderei, deliberei comigo mesmo e decidi não + me conter diante da tragicomédia em q se transformou esta amada agremiação q, um dia, lançou aquela memorável linha d 37: Pescoço, Tesourinha, Rubens, Conceição e Rabiola; Beterraba, Fudentino, Osório e Suvaco; Baiacu e Pança.

 * ( setorista = jornalista q faz coberturas específicas d um determinado clube. Como eu, q vou ao CT do Parmêra todos os dias, religiosamente, às 7 e 12 da matina! )

 A bizarrice da política interna suicida alviverde evidencia a necessidade d uma gestão profissional nos clubes d futebol “profissional”. Quem sabe, se pagarmos mais uma rodada d dívidas milionárias d clubes falidos, nós contribuintes teremos, em contrapartida, a evidentemente imprescindível responsabilidade fiscal d tais entidades. Q hj não são públicas e nem privadas. São privadas públicas!

 Tornar-se escravo d empresários d atletas tampouco ajuda. Pq a escravidão d atletas anterior à Lei Pelé viu surgir a escravidão dos clubes pós Lei Pelé. Q o diga Kléber Cabeça-d-Cotovelo e seu empresário Pepinho Legal, q propuseram uma negociação com a faca no pescoço do interlocutor e, indiretamente, feriram d morte as poucas pretensões palestrinas em 2011.

 Pior ainda qdo o escravo se conforma com a subserviência e põe em campo o zelador-sargentão-machão-faz-tudo-quebra-galho, contratado a peso-d-ouro e com carta verde e branca em mãos. Felipão esnobou o Rivaldo legítimo e encheu a bola do Rivaldo Cover. Convenceu-se d q o Tinga é a Ademir da Guia. Dispensou o Linconl em um time sem armação. Desdenhou do Michael Jackson em uma equipe q não marca e nem dá show. Deu o fora no Pierre sem ter nenhum peça d reposição à altura. E olha q o Pierre tem 1 e 57! P/ fechar com chave d fezes, mandou o fotógrafo do jornal fotografar seu miudinho. P/ tirar seu popozão da reta, porém, o gaúcho foi eficiente às pampas. A culpa, ele diz, é d do elenco chinfrim, da base infértil q ele não prestigia, do árbitro mal-intencionado q o expulsou “só″ pq ele se referiu d modo pouco gentil à genitora do mesmo…

 P/ concluir, Albertos e Albertas: o Clube d Campo Palmeiras há tempos é um triste circo, daqueles decadentes, onde os animais são maltratados impiedosamente. Os palhaços somos nós, torcedores. E ninguém é responsável pela situação. A culpa é da Odete Roitmann, ou, se vc preferir, do Jair Bolsonaro!

 

FORA, CORNETEIROS E AMADORES! FORA, FELIPÃO DA FRONTEIRA! FORA, KLEBER CABEÇA-D-COTOVELO! VEM, JORGINHO CANTINFLAS! FORÇA À BASE! AVANTE, VERDÃO!

 

Abs efusivos, bjs no cérebro,

 

MB.

http://marcobianchi.com.br/?p=1335